Criar uma política de gerenciamento de projetos no setor de TI é fundamental para garantir que os projetos consigam alcançar os objetivos utilizando poucos recursos e atraindo os melhores retornos possíveis.

Gerenciar projetos de TI reduz desperdícios e a auxilia na organização da equipe, pois cada profissional tem meios para se organizar e evitar erros no seu trabalho.  Por isso, vamos iniciar abordando o que é uma política de gerenciamento de projetos?

A política de gerenciamento de projetos é um conjunto de estratégias voltadas para a gestão, que faz uso de normas técnicas e mecanismos operacionais que orientam o fluxo de trabalho de equipes e líderes em um projeto. Essa política é feita considerando fatores como o perfil do projeto e do negócio. Assim, a empresa consegue atingir as suas metas com um fluxo de trabalho bem-orientado e ágil.

Ter uma política de gerenciamento é importante porque dessa forma garante aos profissionais uma visão completa sobre o que deve ser feito e como cada meta pode ser alcançada. As equipes conseguem avaliar as metas, as ferramentas disponíveis e o escopo. Além disso, podem identificar metodologias e estratégias utilizadas pelo gestor para entregar melhores resultados.

Assim, o uso de política em TI pode trazer vários benefícios para a área, especialmente se considerarmos os projetos dessa área que muitas vezes demandam um investimento maior. Por isso, ao gerenciar projetos trazer melhores resultados para:

– Atingir metas e objetivos com a melhoria na comunicação e com a gestão dos envolvidos mais organizada.

– Distribuir melhor os recursos para que as ferramentas estejam adequadas para contribuírem para maior desempenho.

– Reduzir os riscos em cada fase do projeto para que os envolvidos consigam aplicar ações preventivas e corretivas precisas e eficazes.

– Minimizar custos com a adoção de ações voltadas para gestão mais adequadas

Esses itens contribuem para que a empresa tenha maior retorno. Mas outras ações podem ajudar a obter sucesso no projeto, entre eles destacamos:

– Conhecer o perfil da equipe é muito importante para definir como o projeto será conduzido.  Criar metas alcançáveis e distribuir adequadamente os recursos pode integrar profissionais multidisciplinares e ágeis.

– Definir metas claras pode ajudar a orientar o que é prioritário auxilia os gestores a identificar a qualidade do trabalho realizado e assim, caso ocorram rotinas mal executadas durante o projeto, os profissionais poderão receber feedbacks mais precisos.

– Adotar metodologia para orientar os fluxos de trabalho e o forma como os envolvidos estão organizados é importante porque isso terá impacto nos resultados da empresa com o seu projeto!

– Utilizar ferramentas corretas e específicas para que tenham o resultado esperado.

– Fornecer feedbacks ao final de cada fase, assim eles podem reforçar boas práticas, mantendo os envolvidos mais motivados.

– Realizar a gestão de riscos, pois com ela a empresa avalia o que pode influenciar no sucesso dos envolvidos e ajudar na prevenção, mitigando falhas em todas as etapas. Pois, gerir riscos, identificando-os, atuando em mecanismos de prevenção, definindo rotinas para amenizar problemas da forma mais célere e econômica possível.

Portanto, é importante ter uma política de gerenciamento de projetos no setor de TI adaptada às demandas do negócio de acordo com a área de atuação. Assim, será possível reduzir riscos e atingir melhores resultados.

Fonte: https://www.projectbuilder.com.br/blog/gerenciamento-de-projetos-no-setor-de-ti/

Você pode ler a revista online aqui no site ou realizar o download. Para isto basta acessar o menu superior Edição Atual e Anteriores, escolher o ano, rolar a página para encontrar a edição desejada. Clicar no botão Ler Online ou Download.

Ew Sistemas TI.